Rio Arade


As águas do Rio Arade estão cheias de história, desde os tempos pré-históricos.



Rio Arade, Algarve SUN BOAT Trips, Silves, Barco, Turismo Sustentável, Ecoturismo Algarve, Passeio de Barco, Barco Solar Algarve
Passeio de Barco Sustentável no Rio Arade de Portimão a Silves | Algarve SUN BOAT Trips

O Rio Arade teve em tempos grande importância na ligação de Silves (a capital islâmica do Algarve entre o séc. VIII e o XIII) ao mar e foi palco de muitas batalhas.

No século XV, após a conquista cristã, teve um papel ativo nas viagens marítimas dos descobrimentos portugueses.

Durante séculos, o Rio Arade foi o cenário de importantes trocas de mercadorias e navegado por muitas culturas: Fenícios, Romanos, Vikings, Mouros, entre outros. Vinham navios para transportar minerais, laranjas, cortiça, madeira, figos, alfarrobas, amêndoas, peixe, sal, entre outras riquezas da região.

O Rio Arade é riquíssimo em história, natureza e cultura e vir connosco num passeio é uma descoberta de um Algarve esquecido que vos irá surpreender.



Fotos: Algarve SUN BOAT Trips


Venha connosco num passeio incrível no nosso barco Eletro-Solar e descubra o as maravilhas do Rio Arade, onde o passado se encontra com o Futuro!


RESERVE JÁ!




Fotos: Algarve SUN BOAT Trips



O curso de água do Rio Arade formado pela junção das águas dos rios Odelouca e Silves, que descem da serra do Caldeirão. Depois do Guadiana, é o rio algarvio de maior caudal. O rio Arade alinha-se no contacto entre a serra com xisto e o barrocal calcário, na região de Silves. Desagua em Portimão, entre a Fortaleza de Santa Catarina e Forte de S. João, a leste da Praia da Rocha. No tempo dos descobrimentos portugueses era navegável até Silves, onde existia um importante porto. Hoje, devido ao enorme assoreamento, apenas pequenos barcos aí podem chegar. É navegável até Silves, apenas em maré alta, encontrando-se neste momento bastante assoreado.


Tem ainda um grande valor ambiental, com extensas zonas de sapal de interesse paisagístico e ecológico. A sua albufeira fornece água para a rega e fins industriais e a sua bacia hidrográfica tem uma superfície de 980 km².



Silves, sec XX, Foto Antiga, Rio Arade
Silves no início do Séc XX

Fotos Antigas de Silves e Rio Arade: Pesquisa Google





O Rio Arade na Conquista de Silves


Um dos fatores que teve elevado impacto no desenvolvimento da cidade de Silves no período de domínio árabe foi, sem dúvida, a sua proximidade ao Rio Arade, então navegável até às muralhas do castelo.

A pedido de D. Sancho I, em 1189, uma frota de cruzados que ia a caminho da Terra Santa subiu o Rio Arade, juntando-se às tropas portuguesas que tinham vindo por terra com o objetivo de conquistar Silves, o que veio a acontecer, após um cerco prolongado, no dia 3 de setembro desse ano.

No século XV foi construída em Silves uma ponte sobre o Arade que é hoje um dos monumentos da cidade (apesar de ser chamada de Ponte Romana, devido ao seu aspeto tipicamente medieval).



Fontes: Inforpedia | Wikipédia